sábado, 8 de janeiro de 2011

Preview Da Edição Tmj N°29 - "O Mundo Do Contra"

"O Mundo Do Contra"  - Parte 1 de 2
  


A história começa assim:

 Mônica entra na casa do Do Contra para falar com ele. Ela quer saber como ficam entre eles as coisas depois de tudo. O narrador reclama que a história está começando pelo final e o Do contra fala que tem que fazer diferente, começar pelo fim e depois ir para o início. O narrador diz que se vai parecer com um mangá comum, como centenas de mangás e consegue começar a história desde o início.

Nimbus está curtindo o filme,super animado, e ao se deparar vê Do Contra dormindo feito um bebé, pois acha o filme MUITO chato. Após debaterem, Do Contra diz que tem que ir num ensaio da banda.Vê o Cascão e a Cascuda na fila para verem o filme. Após debaterem, o Cascão e a Cascuda resolvem entrar  na sala para ver o filme e deixam o Do Contra falando sozinho. Do Contra vai andando, pois o ônibus tem uma propaganda enorme do filme e vê todos com essa mania. Acaba encontrando a Magali e resolvem fazer um lanche na sorveteria, mas o Magali acaba não dando ouvidos ao Do Contra e mostra que está fazendo uma dieta que é dica do ator principal do filme. O Do Contra fica com o estômago embrulhado e sai. Pelo caminho encontra a Maria Cebolinha e o Floquinho, que estão com o capacete do herói do filme. Cebola conversa com Do Contra e mostra pra ele que não gosta, mais apenas fingi que gosta, então ele dá um "oi" pra Carmem, Denise e Marina, elas vêem
que ele está vestido igual ao ator do filme e acham super estiloso. Do Contra acha errado mentir sobre o que você realmente pensa e quando ele ia falar que eles dois não tinha nada em comum...a Mônica aparece, e os dois ficam com mó cara de bobos. Ela deixa o Do Contra falando sozinho pois observa que o Cebola está vestido igual ao ator do filme. Ele fala que se vestiu pra ela e chama-a para ir ao cinema pois resolveu cancelar o ensaio. Do Contra entrega o Cebola falando que ele acha o ator um bobo e que estava se exibindo pras meninas. Mônica fica com raiva e sai andando com o Do Contra( é que por sinal gostou), e diz pra ele não tentar acalmá-la.

Do contra leva ela para o shopping, pois diz que não quer que ela perca a raiva. Ela joga e bate ao memo tempo no video-game. Do Contra começa a dizer que ela fica linda com raiva, quando gagueja, e ela diz que não consegue entender porque ainda ouve o Cebola e o Do Contra fala que ela só fala isso porque não consegue esquecer ele. Mônica fala que ele entende ela e diz que deveria achar outra pessoa pra ser seu ídolo. O Do Contra torce pra ser ele, mas no final é o ator do filme. Ele diz que esse cara é muito chato e a Mônica zoa com a cara dele, que acaba pedindo pra ela contar a história. Depois de tudo ele resolve pesquisar e descobre que a pequena agência que contratou o cara era antes uma empresa de armas. Ele começa a espalhar mas ninguém dá ouvidos á ele. A Mônica tenta impedi-lo mas acaba só motivando mais, enquanto rola um clima de romance entre eles.Do Contra pede pra ela pedir ajuda ao Cê com um plano, ele só concorda se ela sair com ele pra verem um filme.

Cebola dá o plano e o Do Contra. Acaba por conseguir entrar na casa com a ajuda da Mônica. Ele acha um bicho fofo que berra e começa a ir atrás dele. Na casa do homem “suspeito” tem uma piscina com uma ponte e dentro tem piranhas. Do Contra diz que poderia ter ali até a princesa Amídala.E aí um ninja diz que não tem princesa nenhuma, mas ele pode enfrentar a espada laser dele. E acaba com o Do Contra acaba reclamando da história por ter acabado justo na parte dramática. E a Mônica dizendo "até o próximo mês".

Até a Próxima edição afinal!



Preview da próxima edição:

Do Contra continua sozinho em sua luta
Para desmascarar o Armadura Dourada
e provar que o filme é um terrível plano
para dominar o mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Playlist do Blogger!

Ocorreu um erro neste gadget