domingo, 15 de abril de 2012

Julie Plec fala sobre a reta final da terceira temporada e sobre a quarta

Julie Plec deu uma entrevista super-hiper-mega gigante falando sobre a organização da história da série, a escolha de Elena, os acontecimentos do último episódio, quem poderia voltar para uma participação algum dia, o passado de Elena e os planejamentos para a próxima temporada. Apesar de estar enorme, a entrevista está super legal e vale a pena ler! 

O elenco está falando sobre um grande season finale. Quão grande ele será?
Bem, eu digo-lhe que as gravações foram enormes. Usamos um estúdio subaquático para as filmagens. Foram feitos enormes movimentos com um carro. Além disso, teremos uma grande luta e uma grande seqüência de terror. E talvez um dos momentos mais emocionantes da série. Portanto, definitivamente a jornada desses personagens valeu a pena e espero que - eu ainda não assisti, então é cedo pra dizer - que ninguém se decepcione.

Os atores também estão falando sobre o término de um ciclo no episódio final. Você acha que todos os últimos episódios, até certo ponto, terminarão um ciclo? Ou será que esse momento é particularmente bom para trazer toda a jornada à tona?
Certamente, sempre que pensamos em um ínicio, imaginamos um final. Nós tentamos muito no começo da temporada, apesar do tempo limitado, ter certeza de onde exatamente estamos indo, para que cada escolha que fizermos nos empurre para esse final e não fiquemos apenas enrolando a história - algo que é fácil de acontecer. Neste ano em particular, tínhamos nossa personagem humana, Elena, que no final da temporada passada perdeu a guardiã, entrando no último ano do colégio. Ela perdeu os pais. Elena é uma garota entrando em confronto com si própria enquanto cresce, ao mesmo tempo que se pergunta se seus pais estariam orgulhosos dela, mesmo ela estando apaixonado por dois vampiros. Enquanto ela reflete sobre esses meses horríveis de sua vida, vamos levá-la de volta para quando sua vida era simples, quando seus pais estavam vivos e ela era uma líder de torcida namorando um jogador. Tudo que nós fizemos durante a temporada inteira com a Elena era para chegar nesse último episódio da temporada, quando ela terá de fazer uma escolha entre os dois irmãos.

Antes de começar a próxima pergunta, preciso te questionar: Elena fez alguma lição de casa esse ano?
Ela tem um QI de 140 e não precisa estudar.

Mas ela pelo menos foi assistir às aulas?
Sim. Ela assistiu as aulas. Seu guardião é o professor de história, então ela tem alguém lá de dentro observando-a e seus namorados podem hipnotizar alguns professores para que ela receba boas notas. Eu tenho certeza que há alguns truques e malandragem envolvidas, mas, sim, os personagens vão para a escola e possuem um registro de presença surpreendentemente bom. E não mostramos eles no colégio porque, francamente, não é tão interessante quanto os outros enredos que eles estão envolvidos.

Excelente. Agora, de volta as perguntas! Quando o finale se aproxima, os fãs esperam que alguns personagens fiquem vivos e outros morram. Quão difícil é para vocês, roteiristas, matá-los, sabendo que nenhum poderá retornar?
É uma questão que debatemos muito na sala de roteiristas. Há o seguinte argumento: 'Desconsidere retornos como fantasmas ou em flashbacks', porque o risco dele nunca mais aparecer tem de ser real! Mas há algo tão emocionante e profundo em rever um personagem que você amou e uma sensação tão doce saber que eles não fazem parte da vida de nossos heróis, porém ainda estão lá em algum lugar. Certamente haverá riscos de nunca mais vermos alguns personagens depois que tudo estiver dito e feito. Esse risco sempre será real.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Playlist do Blogger!

Ocorreu um erro neste gadget